Sérgio Lucena (João Pessoa, PB, 1963). Interessado por assuntos dos mais diversos, Lucena ingressou e, depois, abandonou ainda inconclusos os cursos de bacharelado em física e psicologia, ambos na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em João Pessoa. Em 1982, deu início ao estudo de técnicas de desenho e pintura com o artista Flávio Tavares (1950). Passou um período na Chapada dos Guimarães e, no seu retorno à João Pessoa, em 1988, começou a conviver com o ideário do Movimento Armorial, de Ariano Suassuna, que valorizava as expressões populares e seus mitos fundadores, o que influencia consideravelmente os primeiros anos de sua produção. É nessa fase que começou a pintar a óleo. 

O ponto de partida de seu trabalho pictórico residia na representação de seres inventados e fantasiosos. As figurações típicas deste início de carreira faziam referência ao fantástico imaginário nordestino, no qual já se identificava o interesse presente e permanente que atravessa toda sua trajetória: a complexa e misteriosa relação entre a luz e a sombra.  Ao mudar-se para São Paulo, em 2003, começou a se dedicar à pintura de deuses, seres híbridos ou quimeras que, aos poucos, foram dando espaço à pesquisa luminosa que tem tomado conta de sua produção por quase duas décadas. 

Desde então, a pintura de Lucena (sempre sensível às forças da natureza), revela sua referência direta às paisagens do sertão, resgatadas de suas memórias de infância, em telas geralmente de grande formato que sugerem paisagens com um horizonte a perder de vista. Em trabalhos mais abstraídos, a linha horizontal se dilui em campos de cor, de delicado gradiente infinito. Como um verdadeiro convite à contemplação da imensidão e variedade dos reflexos de suas luzes coloridas produzidas a partir de uma gama imensa de pigmentos, suas pinturas são construídas com muito acúmulo de matéria, carregando um peso de tinta que parece contradizer a leveza e fineza das rarefeitas pinceladas e velaturas que ele aplica sobre as telas. 

Ao longo da sua carreira, o artista participou de numerosas exposições, no Brasil e no exterior. Dentre as principais instituições pelas quais passou estão: a Pinacoteca do Estado de São Paulo, o Museu de Arte Contemporânea (MAC-USP), o Museu Nacional da República, em Brasília, o Centro Cultural dos Correios (em Brasília, Rio de Janeiro e Salvador), o MuBE-Museu Brasileiro da Escultura (São Paulo) e o Centro Cultural São Francisco e Núcleo de Arte Contemporânea, ambos em João Pessoa. Realizou também, workshops, intercâmbios e residências artísticas na Dinamarca, na Alemanhã (Berlim) e nos Estados Unidos (Washington e Seattle). Dentre as publicações, podem-se destacar o catálogo raisonné, de 1999, e o livro Projeto Deuses, com a série de pinturas de mesmo nome, lançado em 2007. Além disso, recebeu premiações nos principais salões de arte do país e, em 2012, foi premiado pela Associação Brasileira de Críticos de Arte (ABCA) com o Prêmio Mário Pedrosa, na categoria Artista Contemporâneo.  

ler mais >

 

Pintura alumiada de Sol, 2020

óleo sobre tela

80 x 120 cm

Um pensamento cheio de distâncias, 2020

óleo sobre tela

70 x 60 cm

O prazer é um lugar bom de se estar, 2020-2021

óleo sobre tela

150 x 200 cm

A outra margem do céu, 2020

óleo sobre tela

150 x 150 cm

Suíte Haikai 2, 2020

óleo sobre tela

25 x 25 cm

Suíte Haikai 5, 2020

óleo sobre tela

30 x 30 cm

A transparência púrpura da distância, 2019

óleo sobre tela

200 x 150 cm

Pintura que faz dormir, 2021

óleo sobre tela

50 x 40 cm

Luz flutuante 03, 2021

óleo sobre tela

60 x 50 cm

Pequeno Poema, 2019

técnica mista sobre tela

150 x 150 cm

Biografia

 
1963
Nasceu em Paraíba, Brasil
Vive e Trabalha em São Paulo, Brasil
 
Exposições Individuais
2021
Espelho, Simões de Assis, Curitiba, Brasil
The Blue That Embraces Me…, Mariane Ibrahim Gallery, Chicago, IL, EUA
2018
Commom Place Sergio Lucena e Thenjiwe Nkosi, Mariane Ibrahim Gallery, Seattle, WA, EUA
2017
Sergio Lucena Silente, Galeria Eduardo Fernandes, São Paulo, SP
2016
Paisagem Tempo, Escritório de Arte Marcela Bartolomeo, Belo Horizonte, MG
É como o Vento, Galeria Mezanino, São Paulo, SP
2015
Ænigma Mariane Ibrahim Gallery, Curadoria Mariane Ibrahim, Seatle, WA, EUA
2014
Horizonte Comum Usina Cultural Energisa, Prêmio Energisa de Artes Visuais, João Pessoa, PB
2011
O Mar de Sergio Lucena, Centro Cultural Correios. Salvador, BA; e Rio de Janeiro, RJ
Códigos, Galeria Lourdina Jean Rabieh, São Paulo, SP
2009
Cenas da Vida de um Pintor, Espaço Cultural CiTI (CitiBank Institution), São Paulo, SP
Projeto Convivências do Instituto Anima De Sophia. Exposição de desenhos Série Ænigma, com palestra do crítico Jacob Klintowitz sobre a obra de Sergio Lucena e depoimento do artista. São Paulo, SP
2008
O Bestiário Fantástico de Sergio Lucena FIEO Universidade, Osasco, SP
2007
Luz e Silêncio, Galeria JOSLAVIERO&GUEDES, São Paulo, SP
Deuses Museu da Escultura Brasileira (MuBE), São Paulo, SP
2001
Sergio Lucena pinturas, Brazilian-American Cultural Institute Inc. (BACI), Washington DC, EUA
Galeria de Máscaras, Centro Cultural São Francisco, João Pessoa, PB
1999
Arte Paraibana Três Décadas de Pintura, Centro Cultural São Francisco, João Pessoa, PB
1997
Sergio Lucena 15 anos de pintura Núcleo de Arte Contemporânea, João Pessoa, PB
1991
Sergio Lucena Pinturas Galeria Gamela, João Pessoa, PB
1990
Sergio Lucena Pinturas Laden Galerie, Berlim, Alemanha
1986
Sergio Lucena Pinturas e Desenhos Galeria Gamela. João Pessoa, PB
 
Exposições Coletivas
2021
J'ai Deux Amours..., Mariane Ibrahim, Paris, França
2018
O Lugar que nos Observa, Galeria Eduardo Fernandes, São Paulo, SP
Armorial – Da Pedra do Reino ao Ponteio Acutilado Caixa Cultural, Recife-PE
Kunsthal Vejle Project Praça pública em Aarhus, Dinamarca
2017
Os Desígnios da Arte Contemporânea no Brasil, Museu de Arte Contemporânea da USP (MAC-USP), São Paulo, SP
2015
Admirável Mundo Novo, Admirável Mundo Velho, Ukiyo-e, The Adashi Institute of Woodcut Prints, Tóquio, Japão / São Paulo, Brasil
In the Meantime, Galeria Tina Zappoli, Porto Alegre, RS
Dream Dealers, Galeria Mezanino, São Paulo, SP
2014
Gato Mia, Cachorro Late e Ego Mata, Galeria Tina Zappoli, Porto Alegre, RS
O Melhor de Cada Um, Galeria Mezanino, São Paulo, SP
Entrecopas: Arte Brasileira 1950-2014, Museu Nacional do Conjunto Cultural da República, Brasília, DF
2013
Performances da Memória, Galeria Mezanino, São Paulo, SP
Primeira Vista 2013, AMARELONEGRO, Rio de Janeiro, RJ
2011
Dialógicos Sergio Lucena, Galeria Lourdina Jean Rabieh, São Paulo, SP
2010
Mar Pintura, Espaço Cultural Lugar Pantemporâneo, São Paulo, SP
Auto Retrato e “Auto Retratos”, Espaço Cultural Lugar Pantemporâneo, São Paulo, SP
Lugar, Jo Slaviero & Guedes Galeria de Arte, São Paulo, SP
2008
O Momento Mágico da Criação, Espaço Cultural CiTI (CitiBank Institution), São Paulo, SP
O Nu, Jo Slaviero & Guedes Galeria de Arte, São Paulo, SP
Faces do Realismo, Espaço Cultural CiTI (CitiBank Institution), São Paulo, SP
2007
Workshop Internacional de Artes Visuais de São Paulo, Instituto AUM, Cultural Blue Life, Remisen Akademi, Brande, Dinamarca / São Paulo, SP
2005
XIII International Workshop (Seguida de exposição), Remisen Akademi, Brande, Dinamarca
XIII International Workshop Remisen Akademi, Brande, Dinamarca
2002
Amor meu grande Amor, Galeria Val de Almeida Jr, São Paulo, SP
1° Feira Internacional de Arte – SP Brasil, Oca (Ibirapuera) Galeria Val de Almeida Jr, São Paulo, SP
Projeto Alma Paulista, Pinturas tendo como tema a cidade de São Paulo. Publicação e distribuição de 720 mil postais. Exposição e lançamento do livro Alma Paulista Abooks editora. Centro Cultural Britânico, São Paulo, SP
2001
A Poética da Morte na Cultura Brasileira, Museu de Arte de Santa Catarina, Florianópolis, SC
2000
Projeto Arte na Escola Exposição itinerante pelas escolas do município, palestras e cursos, Lei Municipal Viva Cultura N° 7380/93, João Pessoa, PB
1998
Artistas das Três Américas, Museum of the Américas, Organização dos Estados Americanos (OEA), Washington DC, EUA
1992
Alemanhã Hoje, Laden Galerie, Curadoria Frau Müller, Berlim, Alemanha
1991
Workshop Alemanha-Brasil Promovido pela Deutsch-Brasilianische Kulturelle Vereinigung in Berlin em parceria com a FUNESC, Instituto Goethe, e o Museu de Arte de São Paulo MASP. Seguido de exposições em João Pessoa, Recife, Salvador, Rio de Janeiro e São P
1989
Surrealismo no Brasil, Pinacoteca do Estado de São Paulo, São Paulo, SP
1988
Arte Atual Paraibana, Fundação Espaço Cultural (FUNESC), João Pessoa, PB
Desenvolve, em parceria com o artista Flavio Tavares, a série de painéis pintados a quatro mãos chamada “A Divina “Comédia”, João Pessoa, PB
1982
VI Salão Nacional de Artes Plásticas FUNARTE / MAM, Rio de Janeiro, RJ Salão de Artes Plásticas da Cidade do Recife Recife, PE
 
Premiações
2014
Prêmio Energisa de Artes Visuais, Exposição Horizonte Comum, João Pessoa, PB
2012
Prêmio Mario Pedrosa para Artista Contemporâneo Conferido ao artista Sergio Lucena pela Associação Brasileira de Críticos de Arte (ABCA)
2002
Prêmio Honra ao Mérito Concedido pelo Conselho de Cultura do Estado da Paraíba, João Pessoa, PB
1986
Prêmio Telpa por ilustração de capa do Catálogo Telefônico, Prêmio Secretaria de Educação do Estado de Pernambuco João Pessoa, PB XXXIX Salão de Artes Plásticas de Pernambuco. Recife, PE IX Salão Nacional de Artes Plásticas FUNARTE. Centro de Convenções d
 
Publicações
2017
Os Desígnios da Arte Contemporânea no Brasil, Livro publicado em conjunto com mostrade mesmo nome no Museu de Arte Contemporânea da USP (MAC-USP). Textos críticosLuisa Duarte e Fábio Magalhães, São Paulo, SP
2007
Projeto Deuses, Livro sobre a série Deuses, pinturas produzidas pelo artista Sergio Lucena entre os anos de 2003 e 2007. Ensaios de Jacob Klintowitz e Raïssa Cavalcanti, São Paulo, SP
2004
Participação no Livro BRAZILIANART – V Livro de Arte Brasileira. Jardim Contemporâneo Editora, São Paulo, SP
1999
Projeto Sergio Lucena pinturas Livro retrospectivo da obra do artista, Lei Municipal Viva Cultura. N° 7380/93, João Pessoa, PB
 
Residências Artísticas
2018
Residência artística na Oxbow Seattle, Seattle, WA, EUA
1992
Bolsa de Estudos e Intercâmbio de um ano com artistas alemães em Berlim DeutscheBrasilianische KulturelleVereinigung in Berlin, Berlim, Alemanha
1987
Residência na Chapada dos Guimarães - Mato Grosso - onde vive em uma pequena fazenda cultivando a terra nos moldes das comunidades alternativas

São Paulo

rua sarandi 113 A jardins
01414-010 são paulo sp

+55 11 3062-8980

info@simoesdeassis.com


aberto com hora marcada

Para agendar uma visita, clique aqui.



Curitiba

al. carlos de carvalho 2173 A batel
80730-200 curitiba pr

+55 41 3232-2315

info@simoesdeassis.com


aberto com hora marcada

Para agendar uma visita, clique aqui.




Simões de Assis - Todos os direitos reservados 2020